Elimine o Odor e a Umidade dos Armários com Arroz

Elimine o Odor e a Umidade dos Armrios com Arroz

O odor e a umidade do closet e armário são situações desagradáveis que em algum momento você precisa lidar. Seja porque o material com o qual eles são feitos esteja desgastado, ou devido a infiltração de água, enfim, são vários os fatores que podem provocar este incomodo. Você pode eliminar o odor e a umidade, tanto do closet como dos armários com um ingrediente natural e econômico.

Como eliminar o odor e a umidade
Mas é bom você saber que existem técnicas caseiras para eliminar o odor e evitar que a roupa adquira um cheiro desagradável. Aqui vão algumas dicas para deixar estas áreas sem mal cheiro e livrá-las da umidade.

Por que a umidade e o odor aparecem nos armários?
A melhor maneira de combater este problema é preveni-lo, pois, de nada servirá colocar em prática todos os truques aprendidos, se você não evitá-los a tempo. Talvez solucionando algumas das seguintes razões, se impeça de ter que começar de novo o processo.

* Está comprovado que as casas pequenas e com pouca ou nula ventilação, são as mais propensas a sofrer de umidade. E como é de se esperar, lugares como a cama, armário e a sapateira, tendem a sofrer de mal cheiro. Se este é o caso, recomenda-se manter a casa aberta, por pelo menos, três horas por dia, tentar evitar molhar o chão ou então, limpe-a duas vezes por dia.

* O mau cheiro e a umidade não estão apenas em casas deterioradas, casas construídas recentemente também podem ter este problema, e mais, essas casas podem vir acompanhadas de mofo pelo tipo de material de construção. Edificar uma casa com materiais de primeira é caro, mas eficaz para combater estes detalhes.

* Em casas de madeira, se vê com frequência o problema acima mencionado, ainda mais quando a madeira é de baixa qualidade e não indicadas para certas áreas da casa. O problema do mofo e fungos, é uma constante nestes tipos de casas. Para combatê-los, você deve aumentar a ventilação e evitar manter sua superfície molhada. Você pode usar saquinhos de sílica para eliminar a umidade em áreas pequenas.

* O mal cheiro vem precedido basicamente de fungos microscópicos. Estes podem alojar-se em lugares escuros e úmidos. Se você tem armários embutidos, é importante que ao menos uma ou duas vezes ao ano, eles sejam afastados da parede para uma limpeza completa e evitar assim, sua proliferação.

Elimine o mal cheiro e a umidade com arroz

É curioso como o arroz e suas propriedades podem combater o mal cheiro e a umidade dos armários. No entanto, seu principal benefício se encontra em sua textura, pois se trata de um grão que pode absorver líquidos com facilidade.

Suas funcionalidades como agente de absorção externos são diversas, uma das mais utilizadas é aquela aplicada quando o celular cai na água. É comum nestes casos colocar o telefone no arroz. Mas, o mais clássico ainda, é o conselho das avós que dizem que colocar grãos de arroz nos cantos do armário, é a melhor maneira de evitar a umidade. Isso funciona? Certamente que sim!

Mas não é somente colocar o arroz em lugares que precisamos, você também deve saber como fazer para que o processo elimine o mal odor e a umidade. A seguir, listei uma série de conselhos que você deve implementar imediatamente se detectou o problema:

* Você deve comprar ou fazer saquinho de tecido (não sintéticos) e procurar deixar uma abertura para passar uma fita.

* Quando você fizer os saquinhos, acrescente aproximadamente 40 g de arroz.


* Agora, coloque os saquinhos entre as roupas ou pendurados em cabides.


* Nas superfícies e cantos do armário, você deve colocar também, pois é aqui onde começa acumular-se a umidade e posteriormente, o mal cheiro.


* Após 15 dias, você deve trocar os saquinhos de arroz para poder eliminar por completo o odor e a umidade.


* Não importa o tipo do arroz que utilizar, neste caso, sua propriedade absorvente é a que interessa, nada mais. Você pode reutilizar os saquinhos após lavados, do contrário, estes poderão ser contraproducentes, uma vez que o odor se adere fortemente em certos tipos de tecidos.

Truques eficazes para eliminar o mau cheiro do armário

* Antes de guardar, você deve secar completamente as peças como lençóis, toalhas e todo tipo de roupa.

* Se os sapatos ou roupas estão sujos, não guarde com o resto das peças, é melhor lavá-los e secá-los antes.


* Não coloque muitas peças no armário em exagero. O mau cheiro do closet e armário aparecem quando não se recebe ventilação suficiente.


* Procure ventilar todas as áreas do closet ao menos uma vez por semana.

Eliminar o mal odor e a umidade do closet e armários com arroz é econômico e rápido. Mas outros grãos também podem ser eficazes, tais como o caso do pó de café. Outro componente infalível é o bicarbonato de sódio.

Se você conhece outras formas, compartilhe conosco seus conselhos!

TRUQUE PARA VOCÊ PLANTAR ALHO FACILMENTE EM SUA CASA

plantar_alho_-_novo

É muito fácil plantar alho em casa.

E, se as pessoas soubessem disso, deixariam de comprar o alho quase sempre velho vendido nos supermercados.

Afinal, todo vegetal plantado em casa é muito mais fresco e, por conseqência, muito mais saudável e saboroso.

O bom é que, para produzir alho em casa, você não precisa de muito espaço, de um jardim, e pode até mesmo plantá-lo dentro de sua casa/apartamento.

Além de ser muito econômico, porque um único dente alho resultará numa cabeça/bulbo com vários dentes.

O processo é muito simples.

Em primeiro lugar, compre o melhor alho que você encontrar na feira/supermercado.

Neste caso, vale a pena gastar um dinheiro extra e investir em um alho de boa qualidade e o mais fresco possível.

Note que você vai usar esse alho para plantar e depois colher em sua casa.

Portanto, se a “semente” for a melhor possível, o alho que você vai produzir também será.

Se conseguir alho orgânico, melhor ainda.

Siga estas instruções para obter sua primeira colheita de alho caseiro:

– A melhor época para plantar alho é o outono, já no início da temporada de frio.

O alho ama mais o frio do que o calor.

A colheita dele é na primavera ou no verão, quando ele já não quer ficar na terra.

– Tudo que você tem a fazer é pegar um dente de alho do lado da raiz, onde ele germina, e plantá-lo com esta parte voltada para baixo, em direção às “profundezas” da terra.

Nada mais, somente isso, é o que você tem de fazer, ou seja, plantar os dentes de alho no solo, com a “cauda” para dentro da terra.

Nem mesmo tem que descascá-lo, deixá-lo como é.

A casca do alho vai se dissolver na terra e ele vai ficar bem, porque essa casca vai virar um suplemento biológico para a terra.

– Se você quiser, pode plantar o alho em pequenos cestos ou vasos.

Em seguida, deixe os recipientes na parte da sua casa onde mais bate o sol, como a cozinha,o terraço ou a sua varanda.

– Você não tem que fazer quase nada até o dia de colher a primeira cabeça de alho.

 Maravilhoso, não é?

Um simples dente de alho resultou em uma cabeça com vários dentes fresquinhos e mais saborosos e saudáveis.

Se no seu pé de alho começar a crescer “flores”, corte-as, porque assim o alho vai se concentrar em usar o seu potencial para se desenvolver como alho, que é o que interessa.

Agora tudo que você precisa é de paciência, e muita, porque o alho não cresce de um mês para outro, nem em dois meses, nem em três…

Plantamos alho no início da época de frio e temos que esperar até o verão para poder colher essas bonitas cabeças de alho ecológicas.

Receita de detergente caseiro ecológico

receita-de-detergente-caseiro-ecologico

Você é daquelas pessoas que têm o hábito de aproveitar ou mesmo reaproveitar produtos caseiros para produzir outros compostos naturais para o uso diário nas tarefas de casa e ainda economizar no bolso? Então, a receita que trazemos nesta publicação é para você. Trata-se do detergente caseiro ecologicamente correto e não poluente.

Indicações de uso do detergente caseiro

Assim como os tradicionais detergentes industrializados comercializados nos supermercados, esta versão caseira ecológica pode ser aplicada na limpeza de pias, fogões, louças entre outros utensílios domésticos.

Receita do detergente ecológico

Ingredientes:

1 litro de água

2 limões
1 barra de sabão de coco neutro
1 balde com 5 litros de água
4 colheres de sopa de amônia/ amoníaco (biodegradável)

Modo de preparo:

Pegue o sabão de coco em barra e corte-o em vários pedaços iguais, quanto menor for cada fragmento do sabão, mais simples será de derretê-lo. Em seguida, ferva o litro de água em uma panela funda.

Assim que a água começar a ferver, inicie a colocação na panela das partes do sabão em barra de coco. Logo após que todo o sabão tenha se derretido, misture tudo com uma colher de pau.

Feito isso, coloque toda a mistura dentro do balde com os cinco litros de água. Neste mesmo instante, você deve espremer os limões dentro do líquido do referido recipiente e misturar bastante.

Feito todo o processo inicial, agora será a vez de acrescentar a amônia. Realize esta etapa com bastante cuidado para que tal substância não entre em contato com o rosto. Acrescentada a amônia no balde, misture bem.

Ao final, faça o armazenamento do detergente caseiro ecológico em garrafas pet. Vale ressaltar que, se armazenado durante muito tempo, este detergente poderá perder o efeito de fazer espuma.

Como consertar a corrente da bike Medidas emergenciais para não ficar desamparado no pedal

EfeitoEspecial_com-18718142240-07004620

Medidas emergenciais para não ficar desamparado no pedal

Nas cidades de interior ou em capitais menores, a bicicleta nunca deixou de ser um importante meio de transporte. As pessoas andam de bike pra cima e pra baixo e fazem todo tipo de coisa com ela. Isso não é tão comum em grandes cidades, nas quais os carros acabam tendo prioridade e todo aquele bucolismo de cidadezinha não tem espaço. 

Mas aos poucos cidades colossais como São Paulo estão dando um espacinho pras magrelas. E aí, as pessoas começam novamente a ter problemas de ciclista, como ter de consertar  emergencialmente a corrente da danada.

Esse vídeo aqui foi feito pelo canal Ride Bike e ensina a fazer um ajuste que volta e meia é necessário.

Se você já passou por esse perrengue, sabe que conhecimento vale ouro.

Assista:

Como fazer sabão caseiro na garrafa PET

sabão pet

Para quem gosta das coisas feitas à moda antiga

Os supermercados existem por uma razão. Não sei se conheço algo tão prático quanto poder encontrar os produtos que você precisa, ali, na prateleira, colocar em um carrinho e levar pra casa. Fácil e rápido. 

Nem sempre, no entanto, essa facilidade pode ser colocada em primeiro lugar. O sabão, por exemplo, costuma ter produtos químicos adicionados nele, por questão de conservação, de cheiro ou de aparência. A ideia, claro, sempre é vender mais. E tudo bem, sem crise. Quem não gosta de uma roupa macia, cheirosa e fofinha?

Mas às vezes, esses componentes “extras” podem causar problemas, em especial na pele ou aumentar a poluição. E, se você tem alguma dificuldade relacionada, pode ser interessante fazer como os nossos avós, colocar a mão na massa e fabricar seu próprio sabão.

Aqui, o Manual do Mundo disponibilizou uma receita que ensina como fazer sabão caseiro de forma bastante simples e rápida.

Vídeo

Tutorial rápido e fácil: crie uma caneca personalizada e única!

dcoracao.com_diy_2016_faca_voce_mesmo_como_desenhar_em_caneca_capsula_nespresso00

Tá de bobeira aí em casa procurando como dar um charme a mais para o seu dia-a-dia?

Personalizar itens do dia a dia é uma atividade que, além de prazerosa, dá um toque especial para o cotidiano. Café e chá todo mundo toma. Se não toma, pelo menos tem algumas xícaras em casa para servir às visitas. Mas pra quê se contentar tendo uma (ou várias) que sejam iguais às de todo mundo?! Personalize as suas canecas e elas serão pra sempre muito especiais. E nós ainda ensinamos o truque para desenhar em superfícies arredondadas (o que pode ser beeeem chatinho!).

MATERIAL PARA PERSONALIZAR A SUA PRÓPRIA CANECA

Como dá pra ver, a lista de material é bem curtinha ;-)

  • Uma caneca (ou xícara, ou prato, ou vaso…)

  • Caneta que escreva em cerâmica (você compra em papelarias)

  • Um lápis 2B

  • Papel rascunho

COMO FAZER: TUTORIAL PARA PERSONALIZAR A SUA PRÓPRIA CANECA

Um tutorial vapt-vupt: crie uma caneca personalizada e única!


PASSO 1: Primeiro, recorte um pedaço de papel com a altura um pouco menor que a da sua caneca. É nele que você vai desenhar o que vai estampá-la, portanto, queremos garantir que o seu desenho não fique maior do que a superfície (e nem muito pequeno!).

PASSO 2: Com um lápis bem macio, desenhe, no papel, o que desejar (você também pode imprimir uma ilustração da internet, e passar o lápis por cima). Caso a sua ideia seja escrever alguma frase, é importante lembrar que tudo o que está no papel ficará espelhado na caneca. Ou seja, as letras devem ser ao contrário também.

Um tutorial vapt-vupt: crie uma caneca personalizada e única!


PASSO 3: Posicione o papelzinho com o desenho virado para baixo no ponto da peça onde você quer que a sua ilustração fique. Rabisque com o lápis por cima, como na imagem acima. Ah! Nós usamos um pedacinho de fita adesiva para prender o papel direitinho, garantindo que nada saísse do lugar😉.

E olha a mágica: quando tirar o papel, verá o seu desenho riscado na porcelana! Vai perceber que o risco é bem clarinho, portanto, cuidado, já que uma passada de dedo é suficiente para apagá-lo.


PASSO 3: Essa é a hora de respirar fundo e trabalhar com a caneta para porcelana. Não existe muito segredo, é só passar, com cuidado, por cima do tracejado. Se você escrever com a direita, o ideal é começar desenhando da esquerda para a direita para evitar borrões (e vice-e-versa). Além disso, antes de ser “queimada”, a tinta dessa caneta é removível, então, se você não gostar do resultado final, pode simplesmente lavar fora. Ou, se borrar algum detalhe, você pode limpar com a ajuda de um cotonete.

PASSO 4: Quando estiver satisfeita com o seu desenho, você pode levar a caneca ao forno pelo tempo e temperatura determinados pelo fabricante da caneta. Isso vai curar a peça, evitando que todo o seu trabalho vá embora na primeira lavada de louça😉.


E você pode fazer o que quiser com a peça finalizada (inclusive dar de presente!). Como a nossa caneca era de sopa e, bom, anda meio quente demais pressas bandas pra tomarmos qualquer coisa quente, nós preferimos usá-la para guardar as nossas cápsulas de café instantâneo🙂 (levanta a mão aí quem também usa caneca como porta-objetos o/)

Um tutorial vapt-vupt: crie uma caneca personalizada e única!


Não compre mais amaciante de roupas – Faça o seu em casa: fácil, natural e econômico!

amaciante de roupas - novo

Roupas cheirosas e macias é tudo de bom, não é? E quem disse que a gente precisa comprar amaciantes industrializados para conseguir esses efeitos especiais? Neste post vamos ensinar como fazer um amaciante de roupa natural e caseiro. Além de ser mais econômico, é também mais saudável, pois não provoca alergias. Fragrâncias de produtos químicos tendem a irritar a pele, principalmente de crianças e bebês. O conselho é antigo: “Se você não pode colocar na boca, não coloque sobre a pele”. Este amaciante caseiro tem outras vantagens: é superfácil e econômico. Vamos à receita:

INGREDIENTES

10g de bicarbonato de sódio 200 ml de água quente 800 ml de vinagre de maçã 20 gotas de óleo essencial Recipiente de plástico com capacidade para 3 litros.

MODO DE PREPARO

Misture o bicarbonato de sódio, a água quente e o vinagre de maçã no recipiente de plástico. Atenção: o recipiente precisa ser grande o suficiente, pois o resultado final é volumoso. Você verá uma reação química dos ingredientes, pois muitas bolhas se formarão. Coloque a solução numa garrafa vazia de amaciante e acrescente o óleo essencial. Guarde a garrafa num lugar fresco. Observação: Agite o amaciante todas as vezes que for usá-lo. Quatro colheres (sopa) já é o suficiente para lavar as roupas. Essa receita é a solução até para aqueles que sofrem com problemas respiratórios, pois o aroma é suave e não tem reações alérgicas.