Tutorial rápido e fácil: crie uma caneca personalizada e única!

dcoracao.com_diy_2016_faca_voce_mesmo_como_desenhar_em_caneca_capsula_nespresso00

Tá de bobeira aí em casa procurando como dar um charme a mais para o seu dia-a-dia?

Personalizar itens do dia a dia é uma atividade que, além de prazerosa, dá um toque especial para o cotidiano. Café e chá todo mundo toma. Se não toma, pelo menos tem algumas xícaras em casa para servir às visitas. Mas pra quê se contentar tendo uma (ou várias) que sejam iguais às de todo mundo?! Personalize as suas canecas e elas serão pra sempre muito especiais. E nós ainda ensinamos o truque para desenhar em superfícies arredondadas (o que pode ser beeeem chatinho!).

MATERIAL PARA PERSONALIZAR A SUA PRÓPRIA CANECA

Como dá pra ver, a lista de material é bem curtinha ;-)

  • Uma caneca (ou xícara, ou prato, ou vaso…)

  • Caneta que escreva em cerâmica (você compra em papelarias)

  • Um lápis 2B

  • Papel rascunho

COMO FAZER: TUTORIAL PARA PERSONALIZAR A SUA PRÓPRIA CANECA

Um tutorial vapt-vupt: crie uma caneca personalizada e única!


PASSO 1: Primeiro, recorte um pedaço de papel com a altura um pouco menor que a da sua caneca. É nele que você vai desenhar o que vai estampá-la, portanto, queremos garantir que o seu desenho não fique maior do que a superfície (e nem muito pequeno!).

PASSO 2: Com um lápis bem macio, desenhe, no papel, o que desejar (você também pode imprimir uma ilustração da internet, e passar o lápis por cima). Caso a sua ideia seja escrever alguma frase, é importante lembrar que tudo o que está no papel ficará espelhado na caneca. Ou seja, as letras devem ser ao contrário também.

Um tutorial vapt-vupt: crie uma caneca personalizada e única!


PASSO 3: Posicione o papelzinho com o desenho virado para baixo no ponto da peça onde você quer que a sua ilustração fique. Rabisque com o lápis por cima, como na imagem acima. Ah! Nós usamos um pedacinho de fita adesiva para prender o papel direitinho, garantindo que nada saísse do lugar😉.

E olha a mágica: quando tirar o papel, verá o seu desenho riscado na porcelana! Vai perceber que o risco é bem clarinho, portanto, cuidado, já que uma passada de dedo é suficiente para apagá-lo.


PASSO 3: Essa é a hora de respirar fundo e trabalhar com a caneta para porcelana. Não existe muito segredo, é só passar, com cuidado, por cima do tracejado. Se você escrever com a direita, o ideal é começar desenhando da esquerda para a direita para evitar borrões (e vice-e-versa). Além disso, antes de ser “queimada”, a tinta dessa caneta é removível, então, se você não gostar do resultado final, pode simplesmente lavar fora. Ou, se borrar algum detalhe, você pode limpar com a ajuda de um cotonete.

PASSO 4: Quando estiver satisfeita com o seu desenho, você pode levar a caneca ao forno pelo tempo e temperatura determinados pelo fabricante da caneta. Isso vai curar a peça, evitando que todo o seu trabalho vá embora na primeira lavada de louça😉.


E você pode fazer o que quiser com a peça finalizada (inclusive dar de presente!). Como a nossa caneca era de sopa e, bom, anda meio quente demais pressas bandas pra tomarmos qualquer coisa quente, nós preferimos usá-la para guardar as nossas cápsulas de café instantâneo:-) (levanta a mão aí quem também usa caneca como porta-objetos o/)

Um tutorial vapt-vupt: crie uma caneca personalizada e única!


Não compre mais amaciante de roupas – Faça o seu em casa: fácil, natural e econômico!

amaciante de roupas - novo

Roupas cheirosas e macias é tudo de bom, não é? E quem disse que a gente precisa comprar amaciantes industrializados para conseguir esses efeitos especiais? Neste post vamos ensinar como fazer um amaciante de roupa natural e caseiro. Além de ser mais econômico, é também mais saudável, pois não provoca alergias. Fragrâncias de produtos químicos tendem a irritar a pele, principalmente de crianças e bebês. O conselho é antigo: “Se você não pode colocar na boca, não coloque sobre a pele”. Este amaciante caseiro tem outras vantagens: é superfácil e econômico. Vamos à receita:

INGREDIENTES

10g de bicarbonato de sódio 200 ml de água quente 800 ml de vinagre de maçã 20 gotas de óleo essencial Recipiente de plástico com capacidade para 3 litros.

MODO DE PREPARO

Misture o bicarbonato de sódio, a água quente e o vinagre de maçã no recipiente de plástico. Atenção: o recipiente precisa ser grande o suficiente, pois o resultado final é volumoso. Você verá uma reação química dos ingredientes, pois muitas bolhas se formarão. Coloque a solução numa garrafa vazia de amaciante e acrescente o óleo essencial. Guarde a garrafa num lugar fresco. Observação: Agite o amaciante todas as vezes que for usá-lo. Quatro colheres (sopa) já é o suficiente para lavar as roupas. Essa receita é a solução até para aqueles que sofrem com problemas respiratórios, pois o aroma é suave e não tem reações alérgicas.

Como fazer o anti-mofo caseiro:

receita-de-anti-mofo-caseiro-para-guarda-roupas-e-parede-como-fazer-antimofo-caseiro (1)

Misture em um recipiente alto porque a solução borbulha. Coloque o anti-mofo em um borrifador e aplique nas superfícies previamente limpas.

– Após 10 minutos, passe um pano seco para limpar. Aplique mensalmente (veja atualização abaixo). Se houver a possibilidade de deixar gavetas no sol no momento de aplicar o produto para acabar com o mofo, o resultado é ainda melhor.

Assuntos relacionados ao anti-mofo caseiro:
-Rinite alérgica
-Ácaros
-Escabiose

Atualização (resultado do teste com o anti mofo caseiro)

Testei o anti-mofo caseiro e me surpreendi com os resultados. As gavetas ficaram pelo menos 5 meses sem cheiro de mofo. Então, o ideal é aplicar o anti-mofo a cada mês, mas se não for possível reaplique a cada 3 a 5 meses.

Comprou um sapato apertado? Saiba como lacear em casa

lacearsapato

Você se apaixonou por aquele sapato, procurou em todas as franquias da marca, mas o último par era aquele mesmo: um número a menos do que costuma calçar. Provou de novo e se convenceu de que ele lacearia em casa, mas isso não aconteceu.

Tragédia? Nem tanto. Segundo Eduardo Iscaro, produtor de moda do e-commerce especializado em sapatos Passarela.com, algumas técnicas caseiras podem ajudar nesta missão.

Se a compra ainda não foi feita e você está apenas paquerando o sapato, o especialista indica o fim da tarde como o melhor horário para comprar sapatos. “É o horário em que os pés costumam estar mais inchados”, explica. Outro conselho é sempre provar os dois pés antes de levar: “Todos nós temos uma diferença de um pé para o outro e se tiver calos, também é importante prestar atenção onde eles aparecem e comprar calçados que não causem atrito nesses pontos.”

Outra opção é recorrer à ajuda profissional. Algumas sapatarias contam com alternativas: “Temos um equipamento que se ajusta no calçado independente de sua numeração, para ceder o couro no sentido do seu comprimento, ou da sua largura, ou ainda no peito do pé. Em todos esses casos usamos um produto para amolecer o couro e facilitar a sua mobilidade”, explica Nadir Felício, da rede Sapataria do Futuro.

Quer tentar em casa? Veja os conselhos de Iscaro:

  1. COM JORNAL

Pode ser usado em qualquer material, mas é preciso cuidado com a camurça, para não pingar álcool ou água e manchá-la. “Umedeça o jornal com água ou álcool (melhor resultado obtido com álcool) e coloque dentro do calçado apertando bem dentro do sapato. Depois que o álcool evaporar totalmente o jornal se expande e laceia o sapato.” É importante ressaltar que, dependendo da cor do forro do sapato, este método pode manchar. Funciona melhor para sapatos com forros escuros.

  1. COM SECADOR

 

Indicado para sapatos de couro ou camurça, deve ser usado com cautela em sapatos de couro sintético. “Calce o sapato apertado (se possível com uma meia mais grossa) e esquente com um secador. Fique com o sapato por 30 minutos e, se achar necessário, aqueça-o outras vezes durante o período. O calor ajuda a dilatar o couro. Depois de ter feito isso, pode tirar a meia e calçá-lo novamente. Ele irá retrair, porém pegará o formato do seu pé.” Lembre-se de não aproximar muito o secador do sapato.

  1. COM HIDRATANTE

 

“Espalhe bastante hidratante nos pés, calce os sapatos e ande um pouco com eles. Se já quiser sair de casa com o calçado, leve um pouco de hidratante com você, já que ao longo do dia o creme secará e o sapato voltará a apertar. Demora uns dois ou três dias para o sapato ceder totalmente e pegar o formato dos pés.”

  1. COM GELO

Indicado para couro e couro sintético, mas não para camurça, que pode manchar. “Encha um saquinho com água e amarre bem. Então coloque o saquinho cheio de água dentro do calçado, observando se o saquinho ocupou todo o espaço interno do sapato. Leve o calçado com o saquinho de água para o congelador e deixe por pelo menos 24 horas. A água, depois de congelada, expande e força o couro, o alargando. Quando for tirar, cuidado para não deixar cair água ou derreter totalmente o gelo para não estragar a parte interna do calçado.”.

Mousse de Leite Ninho simples

Mousse-de-Leite-Ninho-simples

Faça num piscar de olhos, é bem simples e muito rápido!

Modo de preparo

  • Hidrate a gelatina em 4 colheres de água morna
  • Misture em um recipiente o creme de leite, o leite condensado e o suco de sua prefrência
  • Acrescente o Leite Ninho, a gelatina dissolvida e mexa até ficar homogêneo
  • Leve a geladeira por 1 hora

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite
  • 2 xícaras (chá) de Leite Ninho
  • 1 envelope de gelatina sem sabor
  • 1 envelope de suco de sua preferência

 

1509230_633947706642244_495760948_n

Para quem gosta de games e comida o canal Miolos Fritos fez uma publicação que vale muito a pena. Eles juntaram pão, ovo, bacon e, um dos personagens mais famosos, o Angry Bird. É muito fácil, veja como ficou:

Essa e outras dicas de culinária você encontra no Tastemade 

ngredientes:

– 1 fatia de pão de forma

– Tiras de bacon

– 1 ovo

– Azeite

– Sal a gosto

– Orégano a gosto

– Páprica picante a gosto

Modo de preparo:

– Em um recipiente de cerâmica pequeno coloque as tiras de bacon formando um ninho.

Coloque 1 ovo inteiro

– Leve ao forno pré aquecido em fogo alto por 15 minutos

– Enquanto o ninho assa, pegue um pão de forma, toste e faça um furo do tamanho do ninho.

– Retire do forno e coloque no centro do pão tostado.

– Tempere com o azeite, sal, orégano e páprica picante.

Vídeo:

Faça você mesmo uma cesta de papel reciclado

como-fazer-cesta-de-papel-divulgacao1-910x202

Saiba como fazer uma cesta apenas com cola e papel

Jornais, revistas, papéis de rascunho e até mesmo panfletos ao invés de irem para o lixo podem ser matéria-prima para fazer cestas criativas.

A ideia de um blog turco é original e econômica: para fazer a cesta é necessário apenas cola, papel e um pouco de paciência. Afinal são necessários cerca de 300 rolinhos de papel. O acabamento pode ser feito apenas com cola branca ou se preferir spray de verniz. Quem quiser pode ainda pintar a cesta com tinta acrílica.

Mesmo sendo feita de papel, por ter rolinhos colocados lado a lado, a cesta é firme e pode ser usada para colocar frutas, prendedores de cabelo e outros objetos.

Por ser simples de fazer, confeccionar a cesta de papel pode ser uma atividade sustentável para ser desenvolvida entre crianças e adolescentes. O resultado é um objeto de decoração exclusivo, ideal até mesmo para presentear alguém. Abaixo o passo a passo de como fazer:

Material                                                                                                                 

– Folhas de papel, jornal ou revista;
– Cola branca;
– Tesoura;
– Cesta para servir de molde;
– Spray de verniz (opcional).

Como fazer

1)    Corte a folha de papel de 15cm de comprimento com 1cm de altura. Faça rolinhos com a tira de papel e cole a ponta. São necessários cerca de 300 rolinhos.
2)    Vire do avesso a tigela que servirá de molde e cole um rolinho ao lado do outro até formar uma fileira completa.
3)    Em cima da primeira fileira cole rolinho por rolinho até preencher toda superfície da tigela.
4)    Tire a tigela de molde e passe uma demão de cola. Ou se preferir passe spray de verniz.